Malária e Anemia: doenças que atingem a população moçambicana

A malária é a principal causa de morte entre crianças moçambicanas menores de 5 anos: em 2015 registrou-se 6 milhões de casos, além de 2 mil mortes. Segundo a OMS, em 2016 houve registro de 216 milhões de casos no mundo e na Região Africana observou-se um aumento do número de 36% (2010) de casos suspeitos para 87% (2016). A doença é transmitida pela picada de um mosquito infectado e causada por um parasita, o Plasmodium.

Outro fator preocupante encontrado em Moçambique é a alimentação precária. A anemia é uma doença caracterizada pelo número insuficiente de hemoglobina no sangue para satisfazer necessidades fisiológicas. Umas de suas principais causas é a falta de ferro na dieta da população. Esta doença prejudica o desempenho diário no trabalho e na educação, além de causar fadiga, palidez e anorexia.

Após observar tais demandas nos nossos campos de atuação, a Missão África buscou maneiras de combater as doenças em Dondo. Para isso, nós distribuímos o Lucky Iron Fish, um peixe de ferro que cozido junto com a comida consegue prover 90% das necessidades de ferro de uma família. Pesquisas afirmam que ao usá-lo 3 vezes por semana durante 3-12 meses, aumenta-se o nível de ferro no sangue e melhora-se a circulação. Nós também distribuímos mosquiteiros entre as famílias moçambicanas, contribuindo para a diminuição do número de casos de malária entre as famílias assistidas pela Escola Comunitária Missão África.

Para saber como nos ajudar a manter estes projetos, clique aqui.

Entrega do Lucky Iron Fish para famílias da região

Entrega de mosquiteiros: ação de combate à malária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *